Resenha: Filha da floresta - Juliet Marillier

03 setembro 2017
Filha da Floresta
Autora: Juliet Marillier
Páginas: 607
Editora: Butterfly
Exemplar cedido pela editora para resenha. 


O domínio de Sevenwaters é um lugar remoto, estranho, guardado e preservado por homens silenciosos e criaturas encantadas, além dos sábios druidas, que deslizam pelos bosques vestidos com seus longos mantos... Passada no crepúsculo celta da velha Irlanda, quando o mito era lei e a magia uma força da natureza, esta é a história de Sorcha, a sétima filha de um sétimo filho, o soturno Lorde Colum, e dos seus seis amados irmãos, vítimas de uma terrível maldição que somente Sorcha é capaz de quebrar. Em sua difícil tarefa, imposta pelos Seres da Floresta, a jovem se vê dividida entre o dever, que significa a quebra do encantamento que aprisiona seus irmãos, e um amor cada vez mais forte, e proibido, pelo guerreiro que lhe prometeu proteção.

Olá!

Filha da Floresta é o primeiro livro da trilogia Sevenwaters. O livro se passa na era medieval, nas terras de Sevenwaters, uma terra cheia de magia e segredos que pertencem ao temido Lorde Colum. Colum sofre muito com a perda de sua amada mulher, que faleceu ao dar a luz a sétima criança, nomeada Sorcha. Com a perda de sua esposa, Lorde Colum se afasta dos sete filhos (Liam, Diarmad, Conor, Comarck, Finbar, Padriac e Sorcha) e se dedica mais as batalhas e guerras contra seus inimigos, os Bretões.

Por mais que o pai fosse um pouco afastado, eles iam bem, estudavam junto do amigo Padre Brien e treinavam para as futuras batalhas. Mas tudo começou a desandar quando Lorde Colum conheceu Lady Oonagh e se apaixonou perdidamente.

Com a chegada de Lady Oonagh na casa, as coisas começaram a ir muito mal, discórdia, brigas e muita violência surgiram na fortaleza de Colum e uma terrível maldição contra os seis irmãos de Sorcha.

Sorcha agora tem uma missão: salvar seus irmãos desta terrível maldição, mas não será nada fácil, terá muitos obstáculos terríveis a frente e se apaixonara por um guerreiro que irá lhe ajudar nessa missão, mas esse amor não será um mar de rosas, na verdade é proibido.

"Quando os Seres da Floresta lhe davam uma ordem, você a seguia sem questionar, fosse ou não do seu agrado."

O livro é narrado em primeira pessoa por Sorcha, tem uma narrativa maravilhosa, clara e objetiva. O livro é maravilhoso, prende o leitor em cada página e nos faz sentir todas as emoções dos personagens.

Sorcha é uma personagem extremamente cativante, corajosa e determinada, sempre pensando na família em primeiro lugar e não desiste de forma alguma, mesmo que seja algo cruel a se fazer por alguém que ela ame. Seus irmãos também são incríveis, todos tem um dom, Sorcha é uma curandeira incrível, Conor tem uma enorme sabedoria, Padriac cuida e ajuda os animais doentes e machucado como ninguém e assim por diante... Os que mais me cativaram foi Finbar que entende que a violência não leva a lugar algum, Conor que tem uma sabedoria incrível e sabe como usá-la.

Lady Oonagh é o oposto dos personagens citados a cima, maligna, megera que gosta de plantar a semente da discórdia em todos. Lorde Colum é um homem sem imaginação, sem um toque de amor por afastar-se dos filhos, defender Lady Oonagh e ser a favor da tortura para obter informações sobre os inimigos.

A capa do livro é maravilhosa e remete contos de fada. Tem uma pitada de contos de fadas nesse livro, mas também é algo mais forte e cruel, como se fosse um conto dos Irmãos Grimm e a própria autora fala que é um romance baseado no conto germânico dos Irmãos Grimm, Os Seis Cisnes.

O livro é cheio de conteúdo, 607 páginas que prendem o leitor, que nos faz sentir cada emoção e não parar mais de ler o mesmo livro. Pretendo ler os outros livros da série para continuar nesse maravilhoso reino de Sevenwaters! 

Paula Nunes.

Viu algum erro nesse texto?
Envie um e-mail para bloglivrosecores@gmail.com
Nos acompanhe pelas redes sociais: 

10 comentários:

  1. Oi Paula, curti a resenha, já tem um tempinho que tô interessada nesse universo e espero poder ler mais a frente. O livro parece ser muito bom, cheio de ação, aventura, fantasia e achei interessante a ideia de basear a história num conto de fadas dos Irmãos Grimm. Ótima resenha *__*

    ResponderExcluir
  2. Olá, li esse livro mês passado e me surpreendi muito com a história e a escrita da autora, com certeza é uma leitura que recomendo muito, especialmente para quem curte o gênero. Bjs

    ResponderExcluir
  3. Oi Paula,
    Tudo bom?
    Te encontrei lá pelo face e vim comentar no seu blog, adorei tudo por aqui e já estou te seguindo se quiser retribuir o favor ficarei muito feliz.
    Sobre sua resenha, estou com esse livro aqui em casa para ler e tenho muita curiosidade em conhecer essa história, mas sabe que eu achei que ia ter mais relação com bruxas, pelo que entendi ele tende mais para um conto de fadas dos irmãos grimm certo? Não que isso seja de todo o ruim adoro as histórias deles e tenho certeza que vou gostar desse livro também. Adorei a resenha.
    Beijos
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa
    http://leiturakriativa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Eu sou completamente apaixonada por essa série. Juliet Marillier arrasa. Com personagens muito bem caracterizados e uma narrativa fluída, me conquistou logo nas primeiras páginas. A história de Sorcha é emocionante e apaixonante. Taí um livro que eu acho que merecia virar filme.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Esta é uma série que quero muito ler, mas que ainda nem comecei. É ótimo que a quantidade de páginas não ficaram enfadonhas, e conseguem prender o leitor.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  6. Oi Paula!
    desde que foi lançado que morro de vontade de ler esse livro. Sempre leio elogios muito bacanas a respeito dele (e da série toda) e, apesar de ser de um gênero que não leio muito, não teve como não me chamar a minha atenção.
    Sorcha parece ser uma protagonista incrível, adoro quando elas são tão intensas e fortes, mocinhas assim sempre me cativam.
    Espero que os próximos livros sejam tão bons quanto esse.
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Eu já li os quatro livros desta série que foram lançados aqui no Brasil, só posso dizer que eu me tornei fã da autora. Os livros são grandes, porém a leitura é corre de forma tão fluida que nem notei as váááárias páginas, ehehe.

    ResponderExcluir
  8. Oie
    nossa, esta ai uma série que se for ver as capas não me atrai em nada e ate o mesmo o gênero e então é uma dica que passo apesar de ver inúmeros elogios, preciso muito terminar as séries que tenho aqui

    beijos
    http://www.prismaliterario.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Sempre leio resenhas ótimas sobre essa série, fico bem curiosa pois adoro livros de fantasia que se passam na era Medieval. Esse é o tipo de livro que sei que vai me irritar, ainda mais com essa megera aí haha... adoro essa interação! Quero muito conferir esse primeiro livro. Adorei a resenha!

    beijos!
    https://blogdatahis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Tenho curiosidade de ler essa trilogia a bastante tempo, e a cada resenha que leio, essa vontade só aumenta. Gostei demais das coisas que você comentou sobre a obra, e preciso logo tomar vergonha na cara e iniciar de vez essa leitura.

    Beijos, Gabi
    Reino da Loucura | Facebook | Instagram

    ResponderExcluir