02 agosto 2016

Resenha: Invocadores do Mal de Cheryl A. Wicks com Ed e Lorraine Warren.


Invocadores do Mal
Autor: Cheryl A. Wicks com Ed e Lorraine Warren
Páginas: 280
Editora: Pensamento

A médium clarividente Lorraine Warren e seu marido, o respeitado demonologista Ed Warren, estudaram, por mais de meio século, fenômenos paranormais ao redor do mundo. Seus casos inspiraram os filmes Invocação do Mal, Amityville e Annabelle. Esta obra reúne as cinco décadas de experiência em investigação de campo desse casal, juntamente com as suas perspectivas histórica, científica e religiosa, para revelar que até mesmo o que é considerado paranormal não pode ser ignorado, tem padrões de comportamento previsíveis e pode ser mensurado cientificamente. Por meio de milhares de palestras, estudos de caso e análise de cartas de clientes, eles revelam o que é conviver com fantasmas, poltergeists e infestações malignas, como investigá-los e solucionar seus mistérios.
Oi gente, tudo ok com vocês?

Quando a Roberta me mandou o e-mail com os lançamentos de Maio do grupo Editorial Pensamento, logo que eu bati o olho na capa desse livro, eu o quis.
Acontece que como fã de terror eu reconheci o nome Ed e Lorraine Warren na hora por causa de um filme que vi tem um tempo e que me impressionou demais O Invocação do Mal. A história do filme é baseada em fatos reais investigados pelo casal Warren que dedicou suas vidas a tentar ajudar as pessoas a lidar com casos paranormais e sem explicação. Lorraine é médium, teve seus poderes comprovados pela Escola de Medicina da UCLA e Ed é um demonologista leigo e que viveu em uma casa mal-assombrada quando criança o que o fez ter experiências bem reais com fenômenos do tipo. No filme eles investigam um caso de infestação numa casa que está acabando com a vida de uma família. Foi a primeira fez que ouvi falar no nome deles mas a verdade é que eles são bem conhecidos e respeitados, porque além desse caso outros filmes foram baseados em investigações deles como: O Horror em Amityville, A Casa das almas perdidas, Evocando espíritos, Annabelle e Invocação do Mal 2. Sem contar com vários livros e artigos em revistas e jornais.

Então, o livro se inicia com uma pequena biografia do casal. Como se conheceram, como se tornaram pesquisadores de fenômenos paranormais e porque resolveram dedicar suas vidas a isso. No primeiro momento o leitor pode até achar que tudo isso tem haver com fama e dinheiro mas a verdade é que de acordo com as entrevistas vamos vendo que o casal vive humildemente, em uma casa simples, sem luxos e que o dinheiro que conseguem pra viver, vem mais dos livros e palestras do que das pessoas que eles ajudam.
Na casa dos Warren também há um museu do oculto, onde estão guardados vários artefatos malignos conseguidos em locais que eles visitaram e solucionaram casos, a boneca Annabelle do filme, está nesse museu protegida atrás de uma caixa de vidro e diferente da do filme, ela é uma boneca de pano com uma aparência bem inofensiva (mas não é, né? :s).

Annabelle real e Annabelle usada no filme
O livro é divido em 5 seções o que facilita para o leitor, digerir todas as informações separadamente: Na primeira seção como eu disse é uma introdução a vida e obra do casal, a segunda seção é uma palestra onde eles explicam um pouco sobre fantasmas, o que são, quais são perigosos, como identificá-los e pra ilustrar isso nessa seção há 4 estudos de casos que são situações que eles investigaram e resolveram. Na terceira seção eles focam em demônios e manifestações do mal, ilustrando com três estudos de caso, entre esses o famoso caso da Casa em Amityville da Família Lutz, que se tornou conhecida tanto pelo filme como pelo livro de Jay Anson. Na quarta seção eles comentam sobre casos ainda mais inexplicáveis como o Pé grande no Tennessee. E por fim na Quinta seção eles fazem aquele balanço entre ciência e religião e discutem até onde uma pode ajudar a outra ao invés de se excluírem.

É um bom livro para interessados no assunto. Possui algumas ilustrações sobre o Caso Amityville mas são só essas, eu senti falta de mais fotos, acho que ilustrariam bem melhor os casos dando mais credibilidade aos assuntos, porque por mais que eles tenham feito entrevistas com as vítimas e Lorraine como médium tenha visto presenças nos locais, eles comentam no livro que possuem todo um aparato de câmeras próprias que conseguem captar as formas etéreas e presenças nos locais que investigam, então eu senti aquela curiosidade de ver essas imagens.

Fotos da Casa de Amityville, Ed e Lorraine, interior da casa...

Essas fotos mostram supostamente uma pessoa encapuzada entre os chifres do alce...
A Capa do livro é linda, gostei da atmosfera sombria que ela trás porque combina perfeitamente com os estudos de caso que nos fazem pensar que estamos lendo um livro de histórias de terror. No entanto as folhas do livro por mais que sejam amarelas (o que é bom) são um pouco finas o que faz com que as letras de trás apareçam na frente e atrapalhem um pouquinho a leitura no começo. Encontrei alguns erros de digitação mas nada gritante.
No fim do livro há um glossário informando alguns termos usados ao longo do texto e algumas páginas com notas explicativas.

Alguns trechinhos para aguçar a curiosidade:

"Minha mediunidade surgiu quando eu tinha 9 anos de idade. Foi enquanto eu frequentava a Laurelton Hall (uma renomada escola particular em Milford, Connecticut) que descobri que nem todo mundo tinha a mesma capacidade que eu de ver auras e espíritos, ela acrescenta, rindo. Minhas professoras, as freiras, expressaram horror e assombro quando descrevi as luzes coloridas que eu via delineando o corpo das pessoas. Foi minha primeira experiência com a incompreensão, o medo e a exclusão com que costumo me deparar devido a minha clarividência." (Lorraine explicando quando se descobriu médium - p. 12)

"Algumas pessoas temem os demonologistas, achando que gostamos de ficar na companhia de demônios, ou, ainda pior, que os incentivamos e veneramos. Nada pode ser mais distante da verdade. Os demonologistas estudam demônios para desencorajar a prática do ocultismo e para ajudar aqueles que se veem vítimas de tais práticas." (Ed explicando o conceito de demonologia - p. 24)
Uma informação adicional que acho válida acrescentar, é que Ed Warren faleceu em 2006. Lorraine se aposentou das investigações paranormais  mas ainda é consultora da NESPR que é a Fundação criada pelo casal para Pesquisas Psíquicas da Nova Inglaterra.

Bom gente, por hoje é só. 
Até mais ^^

Viu algum erro nessa postagem?
Envie um e-mail para bloglivrosecores@gmail.com
Nos acompanhe nas redes sociais:

9 comentários:

  1. Olá,vi na TV uma entrevista com a Lorraine. O repórter e ela foram acompanhados de um padre para filmar a Annabelle.
    E na casa há coisas de arrepiar!!!! 😱
    E como adoro dar uma espiada nessas histórias,gostei do livro Invocadores do Mal.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Janaína, acho que vi essa entrevista também mas não lembro nem quando e nem em que canal foi mas lembro que me chamou muito a atenção na época. Que bom que curtiu o livro :) obrigada pelo comentário!

      Excluir
  2. Oiii Tamara, como vai menina?
    Só posso dizer que este tipo de livro é um dos meus favoritos, e o que mais me atraiu foi saber que existe essas imagens incríveis durante a leitura, anotei a dica com toda certeza.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Morgana, vou bem, obrigada ^^
      Que bom que anotou a dica :D o livro tem mesmo ótimas imagens mas eu realmente queria mais fotos pra ilustrar os casos.

      Obrigada pelo comentário :*

      Excluir
  3. Ai, como uma boa história de terror fica mais completa quando há imagens reais né? Por mais que sejam poucas, já me dá aquele arrepio na coluna hahaha. Adoro livros nesse estilo, mas chega uma hora que a gente tem que respirar e ler um romancinho, antes que surte na paranóia haha. Eu não sabia que Horror em Amityville é deles, tô chocada pq eu amo esse filme. Esse casal é demaissss ♥

    ResponderExcluir
  4. Olá! Que livro interessante! Sempre assisto documentários no Discovery sobre esses assuntos e acho interessante conhecer. Não acho bobagem esse tipo de trabalho, ao contrário, quantas famílias já passaram por esses tipos de problemas e pessoas como esse casal conseguiu ajudar, pretendo ler com toda certeza. Beijo!

    Entre Livros e Pergaminhos

    ResponderExcluir
  5. Olá, tudo bem?
    Já havia lido resenha deste livro, porém não é um livro que me chamou muita atenção, até porque não gosto de nada relacionado ao tema.
    Gostei muito da sua resenha!
    Beijos, Larissa (laoliphant.com.br)

    ResponderExcluir
  6. Olá, estou doida para ler essa obra...recebi faz alguns dias, mas tenho que ler os outros que estão na frente...adorei a resenha, parabéns!

    Abraços

    ResponderExcluir