18 julho 2016

Resenha: Triângulo de 4 lados - Fernanda Medeiros e Adelina Barbosa.

Triângulo de 4 lados
Autoras: Fernanda Medeiros e Adelina Barbosa
Páginas: 320. 
Editora: D'Plácido. 

"Unhas mal pintadas de preto e camisas de bandas. Ela ama O Diário de Bridget Jones, chocolate, e a banda Misfits. Odeia trovões, lágrimas, e ser chamada de criança. Sara Alcântara tem 17 anos e, como qualquer garota de sua idade, tem um relacionamento de amor e ódio com a mãe, com seus estudos, e com a própria vida. Ama suas amigas, que são seu suporte, e sua base. Tira boas notas na escola, por obrigação, mas deseja ser artista, porque pintar é sua verdadeira vocação.
Até aquela paixão adolescente, platônica, ela possui. Ele tem nome, sobrenome, e grau de parentesco. Rodrigo Guano é seu primo, e sonho de consumo de toda a população feminina da pequena cidade de Santa Fé, onde moram. Tudo muda quando ele a beija pela primeira vez. Então o mundo pode acabar, regimes podem cair, terremotos podem engolir a terra em rachaduras intermináveis, e Sara ainda estaria feliz. Ou assim ela pensa ser, até que viaja para Paris, para passar as férias. Quando volta, tudo está diferente, inclusive ela. Sara se vê inserida num triângulo amoroso... Ou seria um quadrado?"

Gente, que livro foi esse? Eu achando que era um romance adolescente bem "de boas", peguei para ler depois de ler um livro mais pesado, Angellore. Mas, me surpreendi muito com Triângulo de 4 lados, foi um livro que me trouxe emoções muito fortes, que na segunda página já tinha me envolvido completamente. Mas, vamos nos acalmar e fazer o resumo primeiro, né? 

Triângulo de 4 lados, escrito pelas autoras Fernanda Medeiros e Adelina Barbosa, nos traz Sara, uma adolescente de 17 anos, que tem uma paixão platônica: seu primo Rodrigo, de 25 anos. É quase uma obsessão que ela sente por ele, tem sintomas físicos e tudo. Do outro lado, temos Brent, meio-irmão de Rodrigo, nascido nos EUA, que é completamente apaixonado pela Sara e nunca escondeu isso. Por último, chega Matheus, um música gaúcho de beira de estrada que está morado na casa dos rapazes Guano. 

Quando o romance com Rodrigo finalmente embala, Sara consegue uma bolsa para estudar artes em Paris durante as férias e ela vai! Na segunda parte do livro, quando ela volta para Santa Fé, esperando continuar com Rodrigo de onde ela acha que eles pararam, as coisas já não são mas do jeito que eram. E, agora, ela começa a prestar mais atenção em Brent, uma atenção que Matheus decide que também quer. 



Estou até agora refletindo sobre esse livro. Ele me prendeu de uma forma que não sei explicar, estou sem palavras. Ou não. A escrita é incrível, com um certo quê de rebuscada, mas ao mesmo tempo voltada às pessoas mais jovens. As autoras fizeram cada personagem com uma personalidade única e bem delineada aos olhos do leitor. Podemos ver isso através dos pensamentos do próprio personagem ou através dos outros, pois, apesar de Sara ser a narradora mais frequente, também há capítulos em que Brent, Matheus e Rodrigo narram. 

Eu iniciei a leitura de Triângulos de 4 lados, pensando que se tratava de uma leitura leve e simples, mas engano meu. Não que a obra seja uma leitura pesada ou lenta, pelo contrário, mas me trouxe um mix de emoções que eu não esperava sentir. Até porque, aos 23 anos, acreditei que eu não pudesse mais me escabelar ao ler um livro juvenil. Mas, sim, me escabelei e queria escabelar alguns personagens também, até as autoras chegaram perto de receber uns beliscões, sorte delas que sou uma pessoa da paz. 

Quanto aos personagens, tenho uma opinião bem forte sobre cada um deles. A Sara é uma menina comum, apaixonada muito engraçada, principalmente quando é dramática e pensa, seriamente, que o universo conspira contra ela. O Rodrigo é o pior cafajeste que eu já li na vida, nem vou dar muito ibope pra ele no meu blog, então passamos ao Brent, que é frio, tímido, irônico e o meu novo crush literário ♥. Já o Matheus, bem... Ele é um jogador. Ele decide que quer ficar com a Sara e vai fazer de tudo para que isso aconteça. Além disso, me identifiquei com ele, assim que ele começou a falar. Na verdade, minha reação ao ler as falas do Matheus foi bem diferente, pois, também sendo gaúcha, senti uma afinidade com ele só por ele falar da mesma forma que eu. Eu nunca tinha lido um livro onde todos os outros personagens fossem de outro estado e só um deles fosse gaúcho. Já fiquei torcendo por ele, mas confesso que meu coração ainda pertence ao Brent ♥. Esse parágrafo já está enorme, mas não posso me esquecer de falar do João, irmão mais velho e ciumento e fofo da Sara, que é meu segundo personagem favorito! Fiz uma montagem básica para vocês verem como eu os imaginei. Pausa no Brent! 



As personalidades dos personagens é o que dá toda a base para que esse livro ser tão bom quanto é. É a partir delas, que o leitor tem um turbilhão de sentimentos. Para mim, foi inclusive, difícil manter a sororidade com algumas mulheres que apareceram nessa obra. Mas, me fazer sair da zona de conforto, até porque nunca gostei de triângulos amorosos, dá mais um ponto a essa obra! 

- Qual é? Quer que eu torça pra você? Sério? - Eu ri e meneei a cabeça, dando uma última mordida na maçã. -  Rodrigo, eu não estou com você. Nem com Matheus. Nem com Sara. Estou no Team Brent.
Joguei o resto da maçã na lixeira da cozinha e saí dali, pensando em como o Team Brent estava fora do páreo. (Pág 226).

E que final foi esse? Eu disse que as autoras mereciam uns beliscões! Por favor, quem leu o livro, me manda um e-mail pra gente debater sobre esse desfecho, porque até agora estou embasbacada. Apesar de não ser o final que eu esperava, confesso que as autoras souberam fechar com chave de ouro. Foi muito surpreendente! 

Então, queridas pessoas que gostam de romance, o que vocês estão esperando? Sei que muitos de vocês podem ficar com um pé atrás, já que o livro é destinado a uma certa faixa etária, mas não deixem de lê-lo por causa disso, é um livro muito bom, divertido e que vocês devem dar uma chance. 

Beijos <3 

Viu algum erro nesse texto? 
Envie um e-mail para bloglivrosecores@gmail.com
Nos acompanhe nas redes sociais: 


14 comentários:

  1. Mulheer, que resenha foi essa?

    Com direito a foto imaginativa e tudo dos galãs? A-D-O-R-E-I!
    E essa capa maravilhosa? Se eu tinha dúvidas de ler esse livro, agora eu já quero sair correndo pra comprar logo.

    ResponderExcluir
  2. Oiii Roberta, como vai garota?
    Menina me apaixonei perdidamente pela obra, gostei do estilo da personagem de certa maneira lembrou minha infância e fiquei surpresa em ver que é uma obra dessa editora nova que está no ramo, ou eu não conhecia né? Parabéns pela resenha e acho linda demais a sua estante <3
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Sinceramente gosto de livros juvenis.Alguns são leves e gostosos de se ler.E outros são simplesmente surpreendentes.E acho que é o caso desse.

    Tenho lido ótimos comentários sobre esse livro e estou com muita vontade de lê-lo.
    Quero também me surpreender como você Roberta. ;)

    ResponderExcluir
  4. Fala mais, vaaaai hahaha Fiquei curiosa demais pra ler de cabo a rabo este livro. Já vai ser o próximo, só preciso terminar a trilogia Não Pare! (inclusive, ótimo e super recomendado). Adorei o fato de você ter colocado as fotos, deu um tchan incrível na resenha e me deixou com mais vontade de ler e sonhar com os personagens hahah. Parabéns pela resenha :*

    ResponderExcluir
  5. Tenho visto muita gente falando bem desse livro, então quero ler ele.

    ResponderExcluir
  6. Amo romances e não sabia que esse era um livro tão surpreendente, espero que ao realizar a leitura me envolvi e sinta várias emoções como você. Gostei da sinopse, já li alguns livros parecidos mas com uma boa escrita tenho certeza que ira me conquistar, fiquei curiosa para saber sobre esse final tão maravilhoso

    ResponderExcluir
  7. Olá! Fiquei bastante curiosa para ler o livro. O título já é bem diferente, e lendo sua resenha, já deu para ter uma noção das situações que podem ocorrer. Também é legal saber que o livro surpreende o leitor, e amo quando os livros fazem isso, beijos!

    Entre Livros e Pergaminhos

    ResponderExcluir
  8. Não posso deixar de elogiar a sua crítica em relação ao livro, pelo fato de você continuar refletindo sobre a obra. Isso me instiga sabe? Para uma trama que envolve obsessão, personagens um pouco mais maduras ele me parece bom. Parabéns por sua resenha.

    ResponderExcluir
  9. Conheço essas duas lindas e cara, adoro as duas. Estou com o livro aqui e preciso reler a parte que li e acabar a leitura logo, porque só ouço elogios e prometi a muito tempo que faria uma resenha pra essas duas lindas, e cara, to até com vergonha da demora. Me animei ainda mais com a sua resenha e amei as escolhas de atores para os personagens,hahaha. Quero o segundo logo pra não me descabelar muito quando chegar no final.

    bjs

    ResponderExcluir
  10. Oiii Roberta!
    Adorei sua resenha. Fiquei muito curiosa para ler esse livro. Eu também não gosto muito de livros que tenham triângulo amoroso, mas esse me pareceu ser bem fora do padrão.
    Adicionei o livro na minha lista, espero ler em breve ;)
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Antes de qualquer coisa, QUE ESTANTE MARAVILHOSAAA! (quero). Amei sua resenha, apesar de triângulos amorosos me irritarem um pouco, me interessei pela história. Obrigada pela dica!

    ResponderExcluir
  12. Que lindo ver que você gostou tanto do livro! É muito bom terminar uma leitura e se ver tão envolvido a ponto de ficar difícil de desapegar. A capa e o título são maravilhosos.
    Abraço;

    http://estantelivrainos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Oi, Roberta!
    Essa resenha é de deixar qualquer leitor louco pelo livro! Já quero ler, mesmo não curtindo muito triângulos amorosos e juvenis. Fiquei louca de curiosidade e já anotei a dica para comprar em breve! :)

    beijos,

    Rafa [ blog - Fascinada por Histórias]

    ResponderExcluir
  14. Oi, tudo bem?
    Estou dando um tempo de livros com triângulos amorosos e afins, mas fiquei curiosa em relação a este pela questão das personalidades dos personagens. Gosto quando são bem construídas.
    Bjs

    ResponderExcluir