22 agosto 2015

Resenha: Por que Indiana, João? - Danilo Leonardi.

Título: Por que Indiana, João?
Autor: Danilo Leonardi.
Páginas: 208.
Editora: Giz Editorial.
Compre: Saraiva | Amazon | Submarino

Você pode pensar que, aos quinze anos, João já deveria estar acostumado com provocações, apelidos e humilhações. Afinal, ele é um típico adolescente deslocado e tímido. Alvo perfeito para a ira dos valentões e para o desprezo das garotas. Mas sua vida muda completamente quando reage a um ataque de seu maior algoz. O golpe de sorte que derruba o valentão é gravado e vira hit na internet. João se vê finalmente admirado, respeitado e seguro. Mas tudo tem seu preço e João vai aprender qual o peso que suas escolhas podem ter não só sobre sua vida, mas sobre as vidas de todos ao seu redor. “Por que Indiana, João?” é o livro de estreia de Danilo Leonardi, editor do canal “Cabine Literária” e parte de uma história quase comum para falar sobre algo que não deveria ser tão comum assim e que faz parte da vida de muitos adolescentes, jovens e até de adultos: o bullying.

Nunca li nada sobre bullying e achei que já tinha passado da hora de eu ler. Por que Indiana, João? foi a minha escolha, porque eu conheço o canal do autor, o Cabine Literária, que não é um canal que eu acompanho, mas eu queria conhecer o lado autor do Danilo Leonardi

Em Por que Indiana, João? nós conhecemos o João, um menino baixinho de cabelo curto, que sofre muito bullying na escola, principalmente por parte de Guilherme, um aluno grandalhão, que adora incomodar o nosso protagonista. Certo dia, apenas para se defender, João acaba machucando Guilherme, e um vídeo dessa briga é postado na internet e João acaba ficando "famoso", indo à entrevistas na TV, recebendo repórteres em casa e etc. 

Com toda a repercussão do vídeo, João faz várias "amizades" e conhece muitas pessoas, especialmente Júlia e Victor, outros adolescentes que também sofrem bullying. Só que em tudo há um lado ruim e João acaba não conseguindo dar conta das consequências, principalmente depois que fala - na televisão - que para se defender dos bullys, deve-se dar o primeiro soco. 

Valentões também caem.

Nunca passou pela minha cabeça que eu fosse gostar tanto desse livro. Ele é pequeno e tem uma capa simples. Se você o vê na livraria, todo tímido, não imagina tudo o que ele pode passar, todo o conteúdo que ele tem. 

O leitor se identifica com o João, não apenas pelo bullying sofrido (afinal, quem nunca sofreu isso?), mas também pela linguagem dele, pela vida dele. Danilo soube fazer com que o personagem parecesse real. Ao ler o livro, parece que você está conversando com um amigo, que te conta toda a história dele. 

Nós vemos, na obra: a cultura, a linguagem e o jeitinho brasileiro. E, penso que isso faz desse livro, diferente de outras obras nacionais, que buscam se parecer com obras de fora, usando linguagem neutra. Se você abrir Por que Indiana, João? em qualquer página (sem ter visto a capa antes) você sabe que é um livro daqui. 

Muitas vezes eu ri com João e seus amigos (e inimigos até), muitas vezes meu coração se apertou com as cenas que eu lia. É um livro que te faz pensar, que te faz odiar a sociedade e querer mudar tudo com as próprias mãos. 

Faz quatro anos que eu saí do ensino médio e lembro, como se fosse ontem, de ver muitas pessoas sofrerem bullying. Nunca vi ninguém apanhar, mas vi vários ganharem apelidos, serem trancados no banheiro, terem suas bicicletas destruídas e seus cabelos cortados. Eu não fazia nada. Ninguém fazia, nem a escola. Aquilo era normal. Alguns achavam até engraçado. Hoje em dia, temos uma divulgação bem maior do que o bullying significa e das consequências que ele tem, mas a forma de lidar com isso ainda está longe de ser perfeita.

Dei cinco estrelas para o livro no Skoob, porque essa obra, que me fez refletir tanto, merece. Acho que, em algum momento da vida - principalmente se você é jovem e ainda estuda, todos devem ler esse livro (ou outro que fale do assunto). Acho que a conscientização é sempre o primeiro passo para a mudança!

30 comentários:

  1. Oi, Roberta! Tudo bem?

    Eu já li algumas resenhas deste livro e achei bacana. No entanto, sua resenha me conquistou e eu quero ler este livro! Deve ser muito legal! Adorei sua resenha! :)
    Compra garantida!

    Visite o Irmãos Livreiros e participe das promoções!
    Beijos!
    Irmãos Livreiros

    ResponderExcluir
  2. Quando se trata de livros com a temática do bullyng eu SEMPRE quero ler. É um tema que nos faz pensar muito mesmo e também concordo contigo que a conscientização sempre é válida. Tendo a oportunidade eu lerei o livro. ótima resenha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Tamara.
      Eu super me arrependi de não ter lido o livro antes.
      Obrigada <3

      Excluir
  3. Já li algumas resenhas, mas nunca fiquei interessada no livro, porém gostei da sua resenha.

    ResponderExcluir
  4. um livro que todo mundo deveria não por obrigação claro mas ele tras muitas reflexões!

    ResponderExcluir
  5. Oi! Eu acompanho o Cabine e já vi falar bastante desse livro... Ele mostra muito bem o preconceito que à hoje em dia e sim sempre tem algum preconceito por aí. Confesso que tentaram fazer isso comigo, mas eu não me deixava cair nas provocações: não dava bola, fingindo que não era comigo, com isso as pessoas começaram a me dar mais atenção e eu fiquei meio que o popular da escola "não conhecia todos, mas todos me conheciam".

    Eu soube lidar com isso muito bem que nem me prejudicou, levava na brincadeira e quando as pessoas viam que não dava efeito, paravam logo... Eu me lembro bem que eu tinha um ditado popular sempre em minha cabeça: Não faça com o outro o que não quer pra você! Eu dava no mesmo troco e advinha a pessoa ficava esquentadinha. kk Por isso me sai fácil desse preconceito. De um cara que era zoado, eu passei a ser o mais popular, onde que todos me conheciam e me tinham como amigo :)

    Ótima resenha! Quero muito ler esse livro.
    Atenciosamente Um baixinho nos Livros.

    ResponderExcluir
  6. OI Roberta!!
    Desde o lançamento eu estou desejando esse livro. Acho que todos acabam sofrendo bullying alguma vez na vida e não se identificar com joão é impossivel!! Quero muito ler!
    Beijos

    LuMartinho | Face

    ResponderExcluir
  7. adorei isso de ficar na cara que é nacional, o danilo tem uma sensibilidade enorme pra escrever, ele por si só já me parece bem altruista

    ResponderExcluir
  8. Bullying é uma coisa complicada hoje em dia, eu não sofri com isso, teve uma menina uma vez que veio me chamar de gorda e tals, mas eu nem dei moral, sabia que ela só tava brava comigo por algo que nem me lembro, Mas hoje em dia, esse povo ansioso e cheio de problemas, qualquer coisa gera algo grande, não é? Parece ser um bom livro.

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Eu acho essa temática bem importante, mas ainda assim, não consigo me sentir atraída por esse tipo de livro.
    Talvez o leia pela grandiosidade do conteúdo, mas futuramente.
    Ótima resenha!
    Beijos!

    www.livrosdajess.com

    ResponderExcluir
  10. Eu já solicitei o livro e estou aguardando sua chegada <3
    Acho que todo mundo um dia já sofreu algum tipo de bullying e um livro assim é bem provável agradar a praticamente todos.
    Adorei sua resenha e fiquei ainda mais feliz, vou gostar do livro :D

    ResponderExcluir
  11. Oi, flor. Esse é o momento em que, vergonhosamente, assumo não saber que a obra era nacional. Com certeza, me atraiu demais. Confesso que vi resenhas positivas sobre o livro, mas não me atentei a esse fato. O seu modo de expressar opinião me fez entender o foco que o autor deu à história e ao bullying. Deu-me vontade de ler a obra, principalmente por sua importância temática.

    Beijos!
    http://myqueenside.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Já tinha ouvido falar sobre o livro, mas nunca tinha me chamado atenção.
    Mas após ler sua resenha, percebi que tenho que lê-lo!
    Acho que o tema abordado, bullying, e junto à reflexão que o livro causa, me despertaram curiosidade. Gosto de livos assim, que nos fazem pensar.
    Beijos.

    Li
    Literalizando Sonhos

    ResponderExcluir
  13. Ei!
    Eu não sabia da existência desse livro e já estou completamente apaixonada por ele. Me parece que o livro é de uma delicadeza tamanha. Adoro assuntos como o bullying, porque gosto de histórias de superação. Adoro a reflexão e quando o autor sabe como escrever - e emocionar -, vish... AMO. Adorei que seja brasileiro e adorei que o autor seja ~~ gente como a gente ~~ Com certeza irei ler. Obrigada pela dica! Beijo!

    ResponderExcluir
  14. Oi Roberta, desde que eu fiquei sabendo sobre esse livro eu tenho vontade de ler, acho que ele trata de um assunto muito delicado como o bullying, acho importante todos lerem sobre isso. E o livro parece incrível!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  15. Oi, Roberta!
    Eu não conhecia o livro, mas, nossa, como me chamou atenção! Adoro quando os autores retratam assuntos sérios como esse, acho um ótimo abridor de olhos, principalmente na idade da adolescência. Acho que todos os jovens deveriam ler livros como esse. Fiquei curiosa, já quero ler!!

    ResponderExcluir
  16. Oi, tudo bem?
    Eu não sou muito de acompanhar canais, então faz pouco tempo que descobri o "Cabine Literária", mas eu acho a capa desse livro linda e gosto de ler histórias que abordem o bullying, por isso fiquei curiosa com essa história e fiquei animada ao saber que o personagem é cativante.

    Beijos :*
    Larissa - srtabookaholic.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. Roberta, eu tenho curiosidade de ler o livro do Danilo por se tratar de bullying, mas nunca imaginei que a história fosse tão boa e até divertida.
    Eu tenho péssimas lembranças do meu ensino médio e dos apelidos.
    Espero poder ler como o Danilo trabalha isso.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  18. Olá,
    Faz tempo que li uma resenha desse livro mas acabei esquecendo que ele existia.
    Lendo sua resenha lembrei do motivo que fiquei interessada nele, a história parece incrível.

    Coração Leitor

    ResponderExcluir
  19. Oiee, então, haa, livros com essa tematica n me interessam muito, eu até tentaria ler, mas sei que iria abandonar a leitura ^^
    www.guildadosleitores.com

    ResponderExcluir
  20. Eu li esse livro e amei.
    Comprei na ultima Bienal daqui de SP, comprei e ganhei autografo do Danilo, pois ele estava no estante no dia, conversei com sobre o livro e sobre o Cabine e tudo mais. Mesmo assim, fiquei com pé atras, pois aquele preconceito de: booktuber lançando livro, será que é bom? Será que vai virar modinha? Ou seja já virou pq né, vários booktubers ai lançando, maaaaas...Esse livro em questão me deixou de boca aberta, Danilo escreveu super bem e o livro é muito bem estruturado, me fez ver o tamanho do talento dele.
    É uma livro que deveria ser leitura obrigatoria nas escolas.
    http://odiariodoleitor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Oi, tudo bem?
    Já tinha visto o livro por aí mas nunca parei para saber sobre o que era.
    Bullyng é um tema interessante, e faz muito tempo que saí do ensino médio, mas passei por isso, mas nunca me deixei levar...
    Bjs

    A. Libri

    ResponderExcluir
  22. No meu tempo o "bullying" não era tão forte, era algo até 'divertido', tudo saudável, sabe? Claro que ganhar apelido e rirem da sua cara não é legal, mas não era como é hoje em dia. Eu já li alguns livros assim, e gosto bastante, por isso quero muito ler essa obra!
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  23. oi ^^
    tipo é complicado esse tema pq antigamente vc apanhava e revidava. ganhava apelidos e tudo mais, mas parece que agora as coisas tem ficado mais pesadas e o pessoal não tem contato aos pais ou revidado.
    lembro de ter gente cortando meu cabelo, de tomar socos de meninos e as vezes ficar a hora do recreio segurando a porta com o povo da minha turma pro pessoal maior não entrar e bater na gente.
    mas eu sobrevivi xp
    enfim gosto da temática e acho importante que o pessoa leia esse tipo de livro pra ficar por dentro do assunto, mas esse não é um livro que eu leria.
    Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
  24. Oi Roberta, tudo bem?
    Gostei do livro e Danilo realmente fez um ótimo trabalho, mas eu percebi que ele fez algumas partes bem clichês, que puxou muito para a fantasia da coisa, bem típico de filme e fora da realidade, isso para mim foi decepcionante. Outro ponto negativo é que os personagens são bem influenciáveis e dando a idade deles chega a ser algo meio sem nexo.

    ResponderExcluir
  25. Confesso que não entendi muito o título do livro, mas acho que lendo ele deve se explicar né.. rsrsrs
    Acho importante leituras que retratam o bullying e nos fazem pensar mais nas nossas atitudes, que podem estar incentivando esses valentoes mesmo sem a gente perceber.

    ResponderExcluir
  26. Oie, tudo bom?
    Esse livro será uma das minhas próximas leituras e estou ansiosa para ler. Já li outros livros que falam sobre bullying e sempre é um assunto que me faz pensar muito nas atitudes humanas. Também fiquei com vontade de ler por causa do Danilo. Gostei bastante da resenha.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  27. Oie, tudo bom?
    Vou começar a ler esse livro amanhã e estou com ótimas expectativas. O bullying é um assunto cada vez mais comum nos livros e realmente precisamos pensar mais sobre nossas atitudes com as pessoas. Não adianta fechar os olhos para esse tipo de atitude e livros como esse fazem todos refletir. Quero saber como é a escrita do Danilo.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  28. Já li este livro e confesso que achei bem raso, a ambientação ficou totalmente desconexa, pois se passa no Brasil mas tem cara de EUA e isso me incomodou bastante pois temos situações e diálogos que não aconteceriam no Brasil. Acho que ele poderia ter explorado mais o tema e ter feito um livro bem mais emocional e condizente com a realidade de nossas escolas.

    Abraço,
    Diego de França
    www.leitorsagaz.com.br

    ResponderExcluir
  29. Oie!
    Vi vários comentários positivos sobre o livro.
    Estou louca para fazer a leitura.
    Beijos!

    ResponderExcluir