26 agosto 2015

Resenha: Evoluir é simples, nós é que complicamos. - Manolo Quesada.

Evoluir é Simples, Nós é que Complicamos. 
Autor: Manolo Quesada.
Páginas: 184.
Editora: Petit.
Compre: Site da editora.

Evoluir é simples, nos é que complicamos é um convite para estarmos abertos às ocasiões e aos momentos oportunos que a vida nos oferece. “Passamos por diversas fases, todas necessárias, pois precisamos aproveitar todas as oportunidades para efetivar em nós todas as coisas que já temos e que ainda não descobrimos”, nas palavras muito generosas do autor.
Manolo Quesada se apoia em conhecidos textos bíblicos, significativas passagens das obras básicas de Allan Kardec e pensadores em geral, convidando a todos a ter uma postura de reflexão e mudança perante sua existência terrena, sempre com um único objetivo: progredir, melhorar e evoluir.

Evoluir é simples, nós é que complicamos é um livro de autoajuda com base no evangelho segundo o espiritismo, com base naquilo que Jesus disse. Eu nunca havia lido um livro com esse tema e tive sorte que este fosse o primeiro.

A lagartinha na capa faz todo sentido agora, claro que você terão que ler para, realmente, entender. Mas, o que posso dizer é que o autor utiliza a lagarta e sua vida para nos explicar certos passos do processo de evolução. Não apenas a nossa evolução na presente vida, mas nas nossas futuras vidas também.

No século 13 encontramos essa constatação poética de Jalalu Rumi, poeta islâmico: "Eu morri como um mineral e tornei-me planta, eu morri como planta e ascendi para o animal, eu morri como animal e fui homem. Que receios devo eu ter? Quando ao morrer eu era inferior?".

De forma simples e objetiva o autor fala que o problema está em nós e o que fazer para que a evolução seja possível. Há fórmulas simples, como não ter orgulho, não ter inveja, prepotência, vaidade e etc. Mas, também há conselhos mais profundos, que falam sobre e para a alma. 

O bom de se ler um livro de não ficção voltado para a religião é que ele "lava" sua mente. Apesar de você ficar pensativo, apenas coisas boas vêm aos seus pensamentos. 

Sei que algumas outras religiões nos fazem pensar que o espiritismo é um dragão de sete cabeças que nos ensina a adoração do diabo, mas isso não é verdade, então é importante ressaltar, que o espiritismo é uma religião cristã, que prega o amor à Cristo e a evolução humana. A partir daí, podemos entender muito mais o que o livro quer nos passar.

Esse gênero não é habitual na minha vida literária, mas fiquei feliz por ter feito essa escolha. Sempre fui católica praticante (missa sempre, participei de grupos de jovens e até monitora de grupo de crianças eu fui e adorava), mas sempre acreditei na reencarnação, apesar da igreja católica não pregar isso. E, esse era um dos motivos pelos quais eu sempre me interessei por saber mais sobre o espiritismo, que é a religião da minha mãe. 

Por fim, acredito que mesmo se você não tiver religião ou pertencer à outra (como eu), esse livro é válido. Ele ensina o leitor a pensar na vida tanto como um todo quanto nos pequenos problemas do nosso dia-a-dia; ensina a ser, verdadeiramente, humilde. Eu quero ver é praticar tudo o que o livro nos ensina, claro que ele os dá vontade de praticar, mas como o título diz: evoluir é fácil, nós é que complicamos.

16 comentários:

  1. ADOREI ESSE TÍTULO kkkkkkkkkkkk, realmente evoluir é fácil mas nós complicamos até demais kk gostei da premissa, do título e acho que realmente é uma leitura boa a todos, o mundo precisa de mais humildade.

    ResponderExcluir
  2. Olá :) Adorei a resenha!! *-* É a primeira que leio sobre esse livro, gostei bastante do assunto abordado, gosto de ler livros nesse estilo, pois, é uma ótima forma de entender/conhecer coisas espíritas/espirituais. Não curto muito livros de autoajuda, mas, esse aí é muito atrativo e interessante. :) Sem dúvida, a borboleta representa a evolução/transformação. *-* :D beijos!!!
    Blog: http://my-stories-wonderful-books.blogspot.com.br/
    Página: https://www.facebook.com/BlogWonderfulBooks

    ResponderExcluir
  3. O titulo diz tudo, realmente esse livro vai tr o poder de mudar muitas pessoas, estou olouca pra começar a leitura!

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Gostei de tudo nesse livro, capa, premissa e título!
    Adorei sua resenha e com certeza leria o livro.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Oi Roberta, então... Acabei de desistir do espiritismo e me tocar que eu não concordo com a doutrina espírita MESMO, então não é um livro que eu leria, pois provavelmente eu discordaria de quase td. Beijos

    ResponderExcluir
  6. Sua resenha ficou bem fofa, mas não curto muito jesus, então, deixo a dica passar.

    ResponderExcluir
  7. Olá
    eu estou adorando acompanhar as resenhas da Petiti, esse anos eles estão bombando, mas eu não curti muito o enredo dessa história, mas tem vários outros lançamentos que estão na minha lista de desejado
    Bjks
    Passa Lá - http://ospapa-livros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Não sou uma pessoa religiosa, então achei legal você ter ressaltado que é um livro para todos! Não sei se leria no momento, mas ainda assim é uma dica válida e irei anotar. Quem sabe um dia eu acabo lendo.
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Eu adoro livros espíritas, mas quando vai pro lado da autoajuda ele me perde.
    Então acho que vou passar esta leitura :(

    ResponderExcluir
  10. Não sou muito adepta de ler livros de auto ajuda.
    Mas concordo com a parte que você disse que o autor fala que não evoluímos porque não fazemos por onde.
    O tema é bem interessante e talvez eu desse uma chance.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  11. OI Roberta!
    Não sou muito fã de auto ajuda, ainda mais com base no espiritismo, mas acredito, como o autor disse, que os erros estão em nós e somente nós podemos concertá-los... Acho que esse livro é MUITO válido, deve ensinar muita coisa bacana!
    Beijos

    LuMartinho | Face

    ResponderExcluir
  12. oi ^^
    gostei da ideia do livro, realmente evoluir é mais fácil, mas a gente sempre complica.
    apesar de não ser meu tipo de leitura acho que leria.
    Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
  13. Oi, tudo bem?
    Eu nunca tinha ouvido falar sobre esse livro e nunca li nada parecido e embora pareça um livro interessante, no momento eu deixo a dica passar.

    Beijos :*
    Larissa - srtabookaholic.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Olá Roberta,
    Sou espírita então essa dica de livro me soa muito boa! Gosto de livros na temática, não tanto dos romances, mas esses mais diretos - os romances eu deixo para a ficção mesmo. E é verdade, muita gente cria imagens errôneas sobre o espiritismo, assim como de outras religiões, como o candomblé, a umbanda, o judaísmo, etc. Precisa-se sempre tentar se manter informado sobre esses assuntos, conhecer antes de replicar mensagens que só fazem prejudicar à todos.

    Beijos,
    Miss Sorrisos Blog
    Twitter|Wattpad|Instagram


    ResponderExcluir
  15. Oi, tudo bem?
    Eu adoro a capa e o título deste livro, mas não curto autoajuda, então não leria.
    Bjs

    A. Libri

    ResponderExcluir
  16. Oii, tudo bem?
    Para falar a verdade o livro não me chamou atenção, eu não gosto de auto ajudas e não leio livros dos gênero, já tentei mas não dá para mim. Que bom que você gostou.

    Beijos

    ResponderExcluir