14 julho 2015

Resenha: O Príncipe dos Canalhas - Loretta Chase.

Título: O Príncipe dos Canalhas. 
Série: Canalhas #1
Autor: Loretta Chase.
Editora: Arqueiro.
Páginas: 288.
Classificação: 5/5.

O Príncipe dos Canalhas - Sebastian Ballister é o grande e perigoso marquês de Dain, conhecido como lorde Belzebu: um homem com quem nenhuma dama respeitável deseja qualquer tipo de compromisso. Rejeitado pelo pai e humilhado pelos colegas de escola, ele nunca fez sucesso com as mulheres. E, a bem da verdade, está determinado a continuar desfrutando de sua vida depravada e pecadora, livre dos olhares traiçoeiros da conservadora sociedade parisiense. Até que um dia ele conhece Jessica Trent... Acostumado à repulsa das pessoas, Dain fica confuso ao deparar com aquela mulher tão independente e segura de si. Recém-chegada a Paris, sua única intenção é resgatar o irmão Bertie da má influência do arrogante lorde Belzebu. Liberal para sua época, Jessica não se deixa abater por escândalos e pelos tabus impostos pela sociedade – muito menos pela ameaça do diabo em pessoa. O que nenhum dos dois poderia imaginar é que esse encontro seria capaz de despertar em Dain sentimentos há muito esquecidos. Tampouco que a inteligência e a virilidade dele pudessem desviar Jessica de seu caminho. Agora, com ambas as reputações na boca dos fofoqueiros e nas mãos dos apostadores, os dois começam um jogo de gato e rato recheado de intrigas, equívocos, armadilhas, paixões e desejos ardentes.

O Príncipe dos Canalhas foi o primeiro romance histórico que li esse ano. Como amo o gênero, eu estava com muita expectativa em relação a esse livro e essa expectativa foi alcançada. Vamos conferir o porquê?

Sebastian Balister, o Marquês de Dain (também conhecido como Lorde Belzebu) teve uma infância horrível, seu pai só o havia querido pois perdera todos os outros filhos para uma doença e sua mãe fugira com outro homem. Além disso, nosso protagonista, desde que nasceu era muito feio (muito feio mesmo), diziam que ele chegava a ser verde. Assim, o próprio pai de Sebastian, achava que a criança era uma maldição do Diabo e enviou-o a um internato. O menino cresceu acreditando nas palavras do pai e se tornou um homem frio, devasso, que só acreditava no poder do dinheiro. 

Jessica Trent era linda e uma mulher independente, que não quis se casar, apesar de vários pedidos. Ela sonhava em montar uma loja de roupas e nunca depender de homem algum. Porém, seu irmão, Bertie era completamente diferente, sempre metido em encrencas, agora estava em Paris gastando dinheiro que não tinha e tinha o Lorde Belzebu como herói. Claro que Jessica foi até Paris salvar o irmão.



Quando Dain e Jessica se conhecem, os dois sentem atração um pelo outro. Mas, ele acredita que uma mulher tão bonita quanto aquela nunca iria querê-lo, a não ser se fosse por causa de dinheiro. Pelos comentários das pessoas, Jessica achava que Lorde Dain realmente se parecia com o diabo em pessoa, mas quando ela o encontra, sente uma atração imensa por ele e o acha bonito. Gosto é gosto, né?

"— O que eu fiz de tão imperdoável?
Você me fez desejá-la, disse ele na língua de sua mãe. Você fez com que eu me sentisse solitário, apaixonado. Você me fez desejar o que eu jurei que nunca precisaria, que nunca procuraria."

Em uma noite, ele acaba beijando-a e ela corresponde. Ele fica muito confuso, afinal, como uma mulher daquelas consegue se sentir atraída por ele? Porém, ele não admiti que gosta dela e insisti em induzir Bertie a viver na safadeza. Por fim, Dain e Jess acabam entrando em uma briga de gato e rato perante toda sociedade parisiense, que acha tudo muito engraçado e fazem várias apostas sobre a vida do casal. Uma série de provocações, fofocas e mal entendidos levam Jess a dar um tiro em Dain e é aí que a história começa de verdade!

"— Comece a rezar, Dain.
— Jess – sussurrou ele.
Ela puxou o gatilho."

A história conseguiu me conquistar! Principalmente por causa dos personagens bem construídos. A autora soube descrevê-los tão bem que parecia que eu os conhecia há anos! E a Jess é o tipo de personagem feminina que eu gosto: forte, corajosa e independente. Eu também gostei do Dain, o meu único problema com ele é que ele parecia uma criança de dez anos nas brigas com Jess.

A narrativa é fácil e quando você percebe, leu o livro em pouquíssimo tempo. Assim que o pacote chegou aqui em casa, eu deixei todas as outras leituras de lado para lê-lo. E não me arrependi.

Os momentos de romance são realmente cativantes, principalmente quando ele sabe que está apaixonado por ela. Eu gosto quando uma autora sabe nos mostrar o quanto um personagem pode mudar por causa de alguém que ama, sem fazer uma mudança forçada, do nada.

Eu recomendo a obra a todas as leitoras de romance, histórico ou não. Aposto que vocês irão se apaixonar pelo Lorde Belzebu.

19 comentários:

  1. Olá Roberta, a premissa desse livro é bem interessante e os personagens parecem ser ótimos.
    E a sua resenha ficou ótima, mas esse não é o tipo de livro que me agrada.
    Beijos
    http://myself-here1.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oii!

    Eu li esse livro e fiz resenha, recentemente. Amei essa história, como todas que se passam no século passado. O casal é tudo de bom, e curto quando as personagens femininas são fortes e independentes, sem aquela choradeira de sempre.

    beijos

    http://mundo-restrito.blogspot.com.br
    @rs_juliete

    ResponderExcluir
  3. Oi Roberto,
    Surto toda vez que vejo alguma coisa sobre esse livro mesmo sem ter lido rs. Já amei a história... a capa ... e claro, a minha xará Jessica kkkk.

    Coração Leitor

    ResponderExcluir
  4. Oi. Eu gosto de ler romances, mas esse enredo não me prendeu, então vou deixar essa dica passar. Tenho visto muitas resenhas elogiosas acerca da obra, mas não é um história que senti empatia.

    ResponderExcluir
  5. Oiiie
    Eu estou louca para ler esse livro.
    Estou começando a ler livros de época a pouco tempo, estou no meu 3° e estou amando.
    Adoro personagens bem construindo. Fico feliz em saber que a leitura é bem fluida e tal.
    Amei a resenha.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Oii, tudo bem?
    A cada resenha que vejo sobre esse livro, fico cada vez mais com vontade de ler. E o que mais reforça é quando vocês falam que a personagem é uma mulher forte, adoro quando as personagens femininas são assim. Que bom que você gostou dele, mal vejo a hora de lê-lo.

    Beijos da Jéss ♥
    Brilliant Diamond | Fan Page

    ResponderExcluir
  7. Esse livro foi muito bem comentado no encontro de livros Classicos da Arqueiro, fiquei até com vontade de ler, depois dessa suas resenha a vontade aumentou! Espero poder começar a lê-lo logo!

    http://www.livrologias.com/

    ResponderExcluir
  8. Roberta, eu também ameio príncipe dos canalhas e meio que deixei tudo de lado para lê-lo, também não me arrependi.
    Dain parecia mesmo uma criança mimada quando brigava com a Jessica.
    Mas amei o livro, é muito lindo.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  9. Olá,
    Para quem gosta desse tipo de livro é uma obra simplesmente incrível, eu me arrisquei na leitura e me surpreendi, apesar de ter constatado que o gênero não é para mim, rsrs.
    Beijos.
    Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Oi, flor!!!
    Esse livro é perfeitoooooooo!!!!
    Eu amei a leitura acho que li o livro em dois dias e fiquei com gostinho de quero mais.
    Parabéns pela resenha!

    Beijocas da Deebs!

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Já faz um tempo que estou namorando esse livro, adoro romances de época e tenho certeza que esse livro tem tudo para me conquistar. Principalmente pelo fato da personagem principal ser forte e independente!
    Adorei sua resenha!
    Beijos!

    www.livrosdajess.com

    ResponderExcluir
  12. Oi Roberta, tudo bem?
    Adorei esse livro, ri muito com as brigas da Jess e do Dain!
    Bjs

    http://a-libri.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oie, Roberta!
    Lorde Belzebu? Eu ri alto! Hahahaha Não gosto de romances, mas me senti atraída só por esse "nome". Adorei sua resenha! Talvez eu acabe lendo.
    Com carinho,
    Celly.

    http://melivrandoblog.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  14. Olá
    Tudo bom?
    Sou totalmente suspeita para falar desse livro, pois amo de paixão essa história e a autora foi maravilhosa em todos os sentidos, nos presenteando com o tudo de bom Lorde Belzebu.
    Adorei sua resenha
    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Eu ainda não consegui resenhar esse livro, mas eu realmente gostei da leitura. Normalmente quando eu pego um romance desse genero, fico esperando nada menos que uma Julia Quinn e não me arrependo porque realmente é muito bom.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Oi Rô, tudo bem?
    O Principe dos Canalhas parece ser um romance tão arrebatador que até eu, que não sou fã de romances decidi dar uma chance ao livro. Espero gostar da obra e que ele super minhas expectativas.

    ResponderExcluir
  17. Oi, eu sou uma das fãs de Romances Históricos,
    vou fazer essa leitura em breve e estou
    bem ansiosa por ela.
    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Oi,
    Logo que vi esse livro na lista de lançamentos da editora ele me ganhou, sou fã de romances históricos e esse é daqueles que acredito vou adora.
    O desenrolar da história, que são daquelas que cativam mas são bem rápidas.
    Parabéns pela resenha, dica anotada.
    beijos
    http://marifriend.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Oie, tudo bom?
    Eu adoro romances de época e O Príncipe dos Canalhas já está na minha lista de desejados. Também adoro protagonistas fortes e determinadas. A proposta Bela e a Fera dessa narrativa chama minha atenção.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir