03 julho 2015

Resenha: Geek Love - Eric Smith.

Título: Geek Love - O Manual do amor nerd.
Volume Único.
Autor: Eric Smith.
Editora: Gente.
Páginas: 208.

Geek Love - Eric Smith sabe mais do que ninguém que existem prazeres imensos na vida geek. Amigos incríveis, conversas até de madrugada sobre realidades alternativas ou até mesmo o simples prazer de ler aquele lançamento de quadrinhos. No entanto, chega um momento na vida de todo nerd em que o amor bate à porta e daí vem a hora de jogar o xadrez tridimensional que é o mundo dos solteiros. Não se desespere, jovem Padawan! Deixe Smith guiá-lo por esse caminho e descubra que amar é muito mais do que flores e bombons. Afinal, nada é normal na vida do nerd, e o amor não é senão o mais extraordinário dos fenômenos humanos.

Geek Love, o manual do amor nerd, como o próprio nome diz, é um manual voltado para meninos geeks e solteiros. O livro dá várias dicas de comportamento com o objetivo de ajudar o leitor na paquera, assim conquistando um Player 2, ou seja, uma namorada. Cheio de ilustrações e referências a jogos, quadrinhos, filmes e séries, Geek Love é um livro muito divertido. E mesmo se você for menina e já tiver um namorado, vale a pena ler. 


 Confesso que estava esperando um livro de autoajuda com algumas partes engraçadinhas e ilustrações fofinhas, mas a obra é bem mais que isso. Eric é um expert no assunto e te faz se identificar com o livro. Além disso, você morre de rir várias vezes durante a leitura. Me diverti tanto que fui até o blog do autor, Geekadelphia, para saber mais sobre ele.

"Namorar é uma coisa que mudou. A arte de escrever cartas longas e sentimentais que começam por 'Eu realmente gosto de você' foi substituída or sessões de sexting no celular com o peguete da vez."

Se você é menino, é geek e é solteiro, saiba que você pode aprender a puxar papo, planejar encontros e até a lidar com seus pelos faciais. Eric fala diretamente com você, ensinando-o como agir e dando dicas para impedir que você faça algo bizarro. E você, menina, vai aprender a perceber quando um cara nerd dá em cima de você e ainda vai se divertir com o livro! 


Claro que eu me considero mais nerd do que as pessoas com quem convivo, mas nem por isso sou uma nerd de carteirinha, o que fez com que eu me confundisse com algumas referências utilizadas pelo autor ao longo do livro. Quando eu ficava muito curiosa em relação a uma ou outra frase, procurava no Google, mas na maior parte das vezes deixava passar, mas ficava pensando "será que eu não teria entendido melhor se eu soubesse que jogo é esse? Ou se eu soubesse do que esse filme é sobre?". Mas, a maior parte do livro é bem simples de entender, então não me preocupei tanto assim com essas referências.

O livro é bem pequeno, mas a fonte é bem pequena também, então não se engane achando que a obra não tem conteúdo ;)

Outro fator legal desta obra é a crítica às tecnologias atuais. O autor fala várias vezes sobre coo hoje os casais quase nem se encontram, mas sim usam SMS, chats, sexting e outros meios online em vez de se encontrar pessoalmente ou utilizar métodos antigos, como cartas, por exemplo. 

“Então, com namorar num mundo em que as pessoas, até certo ponto, nem se encontram mais? Que se tornaram virtualmente próximas em vez de próximas na vida real, que se comunicam por meio de mensagens de texto em vez de conversas durante o jantar?”

Enfim, Geek Love encontrou um espacinho na minha estante e no meu coração. Eu, realmente, gostaria de ver um menino seguindo as dicas e regras dadas pelo autor e ver se elas funcionariam. Vou emprestar a obra pros meus primos e fazer a experiência, risos. Ah, eu não esperava gostar tanto do livro, mas no final nem parecia que eu estava lendo um autoajuda. Espero que vocês leiam e tirem as próprias conclusões, claro, mas sei que vocês também vão se divertir com essa leitura!


17 comentários:

  1. Roberta, que livro mais fofo. ♥
    Que pena só que ele é mais voltado para os meninos nerds.
    Mas por me considerar nerd sei que iria adorar a leitura.
    Deve ser muito lindo, só pelos desenhos e o que você falou já me ganhou.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  2. Oi Roberta, eu também não curto auto-ajuda, mas esse livro parece tão fofo que eu leria sem medo de ser feliz. Eu me acho um pouco nerd, mas não tanto, acho que voaria em alguns termos usados tbm. Bjs

    Território nº 6

    ResponderExcluir
  3. eu não curto auto-ajuda, mas não dou fim ao meu exemplar por causa das referências que ele traz. Isso me atraiu no livro mais do que as próprias dicas para nerds em si... xD

    ResponderExcluir
  4. Oi oi
    Muito boa sua resenha, já ouvi muitos falarem que tiveram boas experiencias com este livro!
    Espero poder ler em breve, pois gostei da história e é um livro diferente do que estou acostumada a ler e também iria indicar para umas certas pessoinhas hahaa

    Beijoos
    www.blogmaiscafe.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Olá.
    Tudo bom?
    Mesmo mesmo me considerando nerd esse livro infelizmente não me atraiu,mas achei sua resenha bem detalhista e gosto disso.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Oi Roberta..
    Que ótimo que o livro te conquistou tanto. Eu confesso que nunca tive tanta vontade de ler ele. Apesar de todos os elogios e resenhas positivas, acho que não faz meu estilo, só se eu ganhasse..rs
    Mas acho legal abordar o mundo de hoje em que as pessoas só vivem pela tecnologia, no meu tempo era cartas, ainda bem que vivi nesse tempo pelo menos rs

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Eu li com essa, 2 resenhas do livro e ameiii.
    Gente, que coisa mais fofa.
    Fiquei curiosa para saber mais sobre as criticas que o livro faz sobre as tecnologias.
    Ameiii
    bjs

    ResponderExcluir
  8. Oii Roberta, tudo bem?
    O livro é divertindo, me diverti lendo das aulas com as dicas e tudo mais. Achei o livro tão bonito e com ar de Geek, o tamanho do livro ficou melhor ainda haha, parabéns pela resenha :D
    Fique com Deus!
    www.doceliterario.com

    ResponderExcluir
  9. Olá!

    Achei super lindo o livro! Sou leiga nesses assuntos de geek e afins, mas eu leria, só pelas ilustrações!

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Adorei o modo como a história mistura coisas de "nerds" mas de um jeito que todos possam se identificar de algum jeito.
    Fiquei curiosa, e quero comprar. Não conhecia ainda.

    ;)

    http://www.sobrevicioselivros.com/

    ResponderExcluir
  11. Oi Roberta, tudo bem?
    Que bom que o livro te surpreendeu positivamente e te agradou tanto!
    Até ler sua resenha eu tinha a mesma impressão que você sobre esse livro, eu pensava que era meio que auto ajuda mesmo para caras nerds...rsrs.
    Fico feliz em saber que ele irá agradar pessoas não tão nerds, como é o meu caso!

    Beijos ;*
    http://livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  12. Oi. Já vi resenhas do livros, tão boas quanto a sua, mas realmente o estilo não é muito minha linha, já corro quando vejo o nome 'manual', afinal, manuel é utilizado para objetos e eu sou humana, então , essa ideia de objetificação não se relaciona muito bem comigo, eu corro dela.

    ResponderExcluir
  13. Oi oi, como vai?
    Esse livro me despertou bastante interesse desde que o vi, e gostei de saber que é bem mais que um livro da auto ajuda.
    Também não sou nerd de carteirinha, mas ainda assim quero muito ler. Parece ser realmente bem engraçado e leve de ler, além da diagramação parecer ser incrível!
    Dica anotada, beijão!

    ResponderExcluir
  14. Olá; gostei muito da resenha. Esse é um livro que quero ler, mesmo sendo diferente de tudo o que eu já li.

    ResponderExcluir
  15. Oi Roberta, tudo bem?
    O livro é bem fofinho e super rápido de ler, e o que mais gostei é que não precisamos necessariamente ler em ordem cronológica, abria muitas vezes em qualquer parte e começava a ler. Eric é um ótimo escritor e gostei muito de ler seu livro, fora que a diagramação está tão linda que da gosta de lermos.

    ResponderExcluir
  16. Olá.
    Eu me interessei pelo livro, mas assim como você ficaria perdida em algumas partes por não saber de tuuuudo do mundo nerd.
    Mesmo assim, acho que eu adoraria o livro e aprenderia muitas coisas.
    bjs bjs

    ResponderExcluir
  17. Oi, tudo bem?
    Eu tive oportunidade de ler esse livro e assim como você o achei bem divertido, embora muitas vezes ficasse "boiando" porque não entendia o que o autor queria falar kkkk Enfim, fico feliz em ver que você também gostou do livro o/

    Beijos :*
    Larissa - srtabookaholic.blogspot.com

    ResponderExcluir