Resenha: Ai, meus deuses! - Tera Lynn Childs

19 janeiro 2015

Livro: Ai, meus Deuses!
Autora: Tera Lynn Childs
Editora: Galera Record (Junior)
Lançamento: 2014
Nota: 4/5 estrelas
  
A vida de Phoebe Castro vira do avesso quando sua mãe anuncia que irá se casar com um estranho misterioso. Para completar, as duas terão que se mudar para o outro lado do mundo: a Grécia! Phoebe terá que dizer adeus ao sonho de cursar a mesma universidade que suas melhores amigas... Como se tudo isso não bastasse, ela ainda terá que frequentar uma escola superexclusiva na qual seu padrasto é o diretor. E os alunos são tudo, menos comuns — são descendentes dos deuses gregos e com direito a superpoderes! Se Phoebe achava o ensino médio difícil, ela já sabe que a vida ali vai ser um sofrimento de matar.




Olá pessoas!

Trago hoje a resenha de uma autora para o qual resolvi dar uma segunda chance, devido à uma sinopse atrativa, e não me arrependi!

Já havia lido outro livro da Tera Lynn Childs, chamado “No Fundo do Amor”, e detestei. Mesmo levando em conta que é voltado para um público mais jovem — até uns 16 anos –, ainda o achei extremamente imaturo e mal escrito em toda sua estrutura. Mas não estou falando dele nessa resenha, e sim, de “Ai, meus Deuses!”

Curiosamente, este livro foi publicado pelo selo junior da Galera Record, que já é voltado para o público infantojuvenil. A parte curiosa? Achei este livro mais maduro que “No Fundo do Amor” em muitos pontos. Vejam bem, ainda é um livro infantojuvenil; logo, você tem situações como, por exemplo, uma inimiga que acaba virando uma espécie de amiga, porque nesses livros ninguém pode ser inimigo de verdade, não é mesmo? xD

Phoebe é uma corredora nata, e tem o sonho de entrar na USC (Universidade do Sul da Califórnia) desde criança, junto de suas amigas de infância. Mas sua mãe, após fazer uma viagem em família, volta noiva de um grego e decide que elas devem se mudar para lá. Junto de uma meia-irmã malvada e um padrasto gente boa, ela descobre que o colégio onde vai estudar é frequentado por descendentes dos deuses gregos, todos com poderes sobrenaturais, e ela será a única nathos — não grega — do lugar.

Achei a personagem principal, Phoebe, bem madura (ok, tem algumas crises de imaturidade com sua mãe), e conduzindo bem as mudanças em sua vida durante esse processo, especialmente em um livro infantojuvenil. Abaixo, um trecho de quando ela conhece sua meia-irmã:

— Espero que esteja preparada para ter pesadelos acordada, kako, porque essa escola vai engolir e mastigar você, depois vai cuspir e lançar os pedacinhos que sobraram num jato de vômito direto até Hades. 
Mamãe sorri na minha direção. Eu sussurro de volta:
— Eu sobrevivi a animadoras de torcida bronzeadas e lindas, a um ex-namorado caçador de vagabundas e a cinco anos de corridas em um acampamento. Não tenho medo de nenhuma garota que acredita em mitos antigos, que tem luzes horrendas nos cabelos e um nariz digno da Barbra Streisand.
Ao encontrar o olhar da minha mãe dou um sorriso enorme, independentemente de Stella estar me apertando com tanta força nas costelas. Dou um pisão nos dedos dos pés dela, nas unhas recém-feitas, e estou livre.
— Estamos prontas — digo, pegando minha mochila no deque.

Como podem ver, a Phoebe tem personalidade, uma característica que amo em protagonistas. Certo, há aquelas reações clichês, especialmente quando ela conhece o Griffin, que, logicamente, é o sr. popular do colégio e que está a milhas de distância dela. Mas todo mundo sabe como é o final de um relacionamento desses, certo? Não é nem spoiler dizer que sempre acabam juntos. Ao menos, neste livro, a personagem não é uma menininha tímida e com problemas de autoestima, mas uma garota de atitude.

Outra coisa que me chamou a atenção e que gostei foi que a autora não bateu naquela tecla de quais são os melhores deuses gregos e tudo mais. Por exemplo, quem conhecea série  “Percy Jackson” do Rick Riordan sabe que tem aquela velha história de os três deuses mais poderosos serem Zeus, Poseidon e Hades. Mas nesse livro, os grupos sociais são mais diversificados; por exemplo, os descendentes de Hera são muito populares, por terem ligação com Zeus. E os de Poseidon são um bando de surfistas sem cérebro ;P

Mas por que eu dei só 4 estrelas? Por muitos erros de revisão da editora no ebook, daqueles em que se emenda o diálogo com o parágrafo descritivo seguinte. Isso irrita, pois você nunca sabe se a personagem terminou de falar ou não. E isso foi no ebook; não sei dizer se a edição física está assim. De toda forma, fica a dica para não lerem o livro digital rsrs

E um pouquinho da nota foi perdida por eu não ser especificamente o público destinado, confesso. Por mais que tenha gostado do livro e ele tenha me proporcionado bons momentos durante a leitura, não consigo dar cinco estrelas para um livro abaixo da minha maturidade. E não digo que um livro precise ser hot para me agradar, mas só ter situações [sociais] mais críveis. A parte dos deuses tudo bem, já que eu curto literatura fantástica xD

Enfim, fica a dica de leitura pra quem está procurando um romance jovem e com jeitinho diferente. Ou então, um livro que trate mitologia grega de uma forma mais leve :)

Até Logo! o/

Izandra.

24 comentários:

  1. Oi Izandra, como vai?
    Eu nunca li nada da autora e sabia muito pouco sobre o livro.
    Depois de ler sua resenha fiquei intrigada e curiosa.
    Essa coisa de mudança de escola e poderes.. Sei lá, pela capa eu não esperava isso.. Acho que adoraria a história tanto quanto você, rs! *-*
    Grande beijo ♥

    Thati Machado;
    http://nemteconto.org

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Thati!

      Pois é, a sinopse atraiu minha atenção rs
      Por isso quis dar uma nova chance pra autora, mesmo que não tenha gostado do outro livro dela que li ^^
      Leia quando puder, porque se você gosta de um romance diferente, vai gostar desse :)

      Excluir
  2. Oi!
    Já li alguns comentários desse livro confesso que ainda estou em cima do muro em relação a ele. A capa é linda e chama bastante atenção.
    Mas fico com um pé atrás por se tratar de infantojuvenil, exaamento por medo de ser um pouco imaturo demais. Mas, pela sua descrição, a protagonista não é do tipo bobinha. Quem sabe, eu dê uma chance futuramente, né?
    Beijos

    >> Concorra a um vale presente de R$ 50,00 e R$ 20,00 na promoção 2015 da Sorte. Não fique fora dessa!<<
    Construindo Estante || Facebook

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Eliana!

      Pois é, tem que se tomar cuidado com livros intitulados "infantojuvenis", porque muitas vezes eles acabam sendo "infantis" rs

      Mas acho que este está mais pra jovem mesmo. Gostei da autora colocar uma protagonista mais "cabeça", ao invés de menininha que não sabe o que quer da vida xD

      Se puder, dê uma chance pro livro e leia para tirar suas conclusões :)

      Excluir
  3. Não sabia dessa corelação com os deuses gregos, gostei, torna a história até mais interessante haha e ainda bem que a escrita da autora evoluiu, embora não completamente, porque parece ter mesmo muito clichê e o desenrolar já esperado

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br
    Tem resenha nova no blog de "Ser feliz é assim", vem ver!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carol!
      A escrita da autora evoluiu sim, mas foi como mencionei: ainda é um livro infantojuvenil. Logo, sempre haverá alguns clichês básicos rs

      Excluir
  4. Oi Izandra, o livro parece ser leve e muito fofo! Não tinha ouvido falar dele ainda, mas fiquei muito curiosa pela sua resenha. Espero encontrar ele em breve e ler!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Kétrin!

      Leia sim! Se gosta de livros para jovens, esse é mais do que indicado :)

      Excluir
  5. Oiii Izandra, tudo bem?
    Preciso ler esse livro urgente kkkk, a capa me conquistou, a sinopse mais do menos haha, sua resenha ficou ótima bem explicada, vou adorar ler em breve <3
    Espero sua visita em Doce Literário *-*
    http://www.doceliterario.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Amanda!
      Leia sim! Particularmente, achei a capa pouco atrativa rs
      Mas a sinopse me fez ficar curiosa, e não resisti em ler xD

      Excluir
  6. me interessei pelo livro mesmo que já tenha lido e ouvido alguns horrores sobre os livros da lynn. acho que gostei da maturidade dessa personagem, mesmo sendo um infanto-juvenil, mas na boa, má revisão deixa o livro tão inferior.

    gabryel fellipe - quimeras mirabolantes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gabriel!
      Eu sou uma das que falava mal da autora xD
      Mas nunca gostei de julgar um escritor por uma única obra, a menos que a forma de escrita dele é que não me seja atrativa.
      Por isso dei uma nova chance, e valeu a pena, pois esse é bem fofo e sem palhaçadas infantis, como "No Fundo do Amor" ;P
      Da revisão, só conferindo a versão física; tô acostumada em ler em ebook, e, principalmente, em sempre encontrar erros na versão digital, pois as editoras ainda não se aplicam em fazer algo muito bom...

      Excluir
  7. Olá,
    Já li esse livro e confesso que não gostei muito, achei clichê e bem sem graça, realmente não curti. Também notei a revisão ruim...
    Beijos.
    Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Inês!
      Nunca vi livro infantojuvenil nao ser clichê, para falar a verdade rs
      Mas achei esse daqui até mais original do que muitos por aí rs
      Você leu a versão física ou o ebook? Queria saber se os erros de revisão eram só na versão digital ou não ^^'

      Excluir
  8. Olá; eu tinha muita vontade de ler esse livro, aí vi uma resenha desanimadora logo após o lançamento, minha vontade diminui bastante, até que vejo essa sua resenha e me animo um pouco mais a ler o livro. Acho que vou acabar lendo!
    Gostei da resenha, e de saber mais algumas características da personagem principal.

    Sorteio O Livro do Bem: petalasdeliberdade.blogspot.com .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mari!

      Lembre-se sempre que a resenha ser positiva ou nao, muitas vezes, depende do gosto literário de quem resenha. Eu tento ser imparcial nesse aspecto,mas conheço muitas blogueiras que não. Por isso procuro apontar bem o que gostei ou nao gostei em uma obra, de forma que o leitor possa tirar suas conclusões.
      Leia sempre mais de uma resenha, principalmente se for de alguém que costuma ter o mesmo gosto que o seu, pois assim, terá mais confiança em ler (ou não) determinado livro :)

      Excluir
  9. Essa é a segunda resenha que leio e fiquei mais curiosa ainda para ler esse livro.
    Bjs
    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luiza!
      Leia sim, bem q seja para matar a curiosidade, como foi o meu caso rs

      Excluir
  10. Oiee

    Eu adorei a capa do livro mas quando vi mais resenhas do livro me desanimei. Agora meio que perdi a vontade de ler.

    Beijos

    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Andresa!
      É. Esse tipo de coisa acontece rs

      Excluir
  11. Oi Iza, tudo bem? Já tinha visto o livro, mas n sabia bem do que se tratava. Gostei de conhecer sua opinião sobre o livro. Também gosto das personagens com atitude, hahahha. Acho que até gostaria do livro. parece ser uma leitura leve e divertida. Muito bom para curar as terríveis ressacas literárias :3
    Beijooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gih!
      Excelente sugestão! Livros assim da ótimos após uma ressaca literária :)

      Excluir
  12. A premissa deste livro é incrível! Acredito que se eu pegasse pra ler não iria me arrepender hahahha sua resenha está muito bem escrita! O post está lindo <3
    Adorei o blog! Parabéns pelo capricho e cuidado! Voltarei sempre, ganhou uma leitora!
    Beijos,
    Vitoria
    P.s: se estiver sem nada para fazer nas férias, indico a web novela Caso 54 - Tales que está sendo postada todas as quartas lá no meu blog! Dá uma passadinha <3 http://lonelyfireflies.blogspot.com.br/search/label/web#.VMD68vnxrvc

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vitoria!
      Que bom que gostou! Volta sim, e também vou te visitar :3

      Excluir