16 agosto 2014

Resenha de Filme: Chef.

Nome: Chef
Direção: Jon Favreau
Elenco: Jon Favreau, Robert Downey Jr., Scarlett Johansson
Nota: 3,5/5


É melhor levar comida pro cinema.

Carl é chef de cozinha em um luxuoso restaurante de Los Angeles, e ama o que faz. Por causa de sua obsessão pelo trabalho, acaba não dando a devida atenção para seu filho.

Ao receber uma crítica negativa do mais conhecido crítico gastronômico da cidade, Carl tem a autoestima esmagada, e chega a começar um embate extremamente infantil – daqueles dignos de briguinhas no Facebook – com o crítico no Twitter.


Por causa das confusões arranjadas, Carl acaba perdendo o emprego no restaurante e, após fazer uma viagem à Miami com o filho e a ex-mulher, decide acatar a sugestão desta última, e arranja um trailer, no qual passa a viajar vendendo comida junto ao filho e a um parceiro do antigo restaurante.

Pegando carona na fama adquirida pelo embate no Twitter, o novo trabalho de Carl lhe renderá, não apenas uma bela quantidade de clientes, como também uma oportunidade de conhecer seu filho outra vez.



Com uma trama bastante interessante e personagens que mereciam um melhor desenvolvimento, “Chef” com certeza é um filme que tinha potencial para muito mais. Ainda assim, é um filme que diverte e quebra alguns “padrões” de filmes americanos sobre culinária. A forma como os três homens interagem durante a viajem no trailer é um exemplo. As conversas descontraídas, desprovidas de qualquer intenção maior tornou os personagens mais realistas e interessantes durante as cenas da viagem.

Os laços criados entre o pai e o filho durante a viagem, apesar de não ter sido um ponto muito forte no filme, gerou algumas cenas bem interessantes, como a cena em que o pai impede o garoto de vender um sanduíche queimado - pra mim, uma das melhores cenas do filme.



O ar cômico que é mantido durante quase todo o tempo do filme é um dos principais fatores que faz a narrativa fluir. Mas não se deixe enganar; não é uma comédia daquelas hollywoodianas, nem é muito “estável”. Às vezes é bem sutil, e outras vezes, exagerada.

Mesmo não sendo um grande destaque deste ano, “Chef” com certeza é uma viagem na qual vale a pena embarcar.

5 comentários:

  1. Ainda não tinha visto esse filme, gostei muito da história, deve ser diferente. Mas é chato qnd a história é boa e não souberam explorar melhor ou desenvolver bem os personagens =/ Mas quero ver sim *-*
    Robert, Scarlett <3
    Beijos
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Não vi esse filme, não gosto desse tipo de filme.

    The Lord of Thrones

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bem?
    Não conhecia o filme, mas parece ter uma trama interessante, vou ver se consigo assisti-lo no futuro.

    *bye*
    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Eu assisti, pra fazer um trabalho da faculdade, pra mostrar que tipo de empreendedor o chef se mostrará..

    ResponderExcluir
  5. MUITO BOM O FILME SUPER RECOMENDO PARA PESSOAS QUE TEM UMA VISÃO DE EMPREENDEDORISMO.

    ResponderExcluir